HOSPEDADO NA TASK -
HOSPEDAGEM DE SITE
E-MAIL PROFISSIONAL
REGISTRO DE DOMÍNIOS
SERVIDOR VIRTUAL
HOSPEDAGEM DE SERVIDOR

Telefone PIS: 0800 PIS, SAC Caixa PIS, Aplicativo e Consulta

Algumas dúvidas dos trabalhadores podem ser resolvidas pelo telefone PIS. No atendimento, funcionários capacitados poderão orientar e resolver questões sobre o benefício. A ligação para o telefone PIS é gratuita, e pode ser feita de qualquer região do país.

Sobre o PIS

O Programa de Integração Social – PIS nasceu de uma legislação federal, e beneficia trabalhadores vinculados a empresas da iniciativa privada. Estes, são cadastrados no PIS identificados por uma sequência de números.

São considerados beneficiários todos aqueles que trabalham há no mínimo 30 dias em empresas que declaram a Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), ganham até dois salários mínimos mensais e estejam inscritos no PIS há 5 anos.

As cotas são distribuídas conforme o tempo de contribuição do trabalhador. Quanto mais meses trabalhados, maior será o valor do abono salarial. O depósito é feito pela rede da Caixa Econômica Federal.

Cabe a empregadora cadastrar os trabalhadores aptos ao recebimento do salário. Em seguida, os funcionários escolherão entre o pagamento via Cartão Cidadão ou em depósito na conta corrente dos agenciados da Caixa.

Serviços do telefone PIS

Por ser um canal feito de forma exclusiva, para os contemplados do PIS, através do atendimento por telefone, você pode tirar dúvidas mais simples. Veja logo abaixo, os serviços do telefone PIS:

  • Consultar saldo;
  • Novas regras;
  • Datas de pagamento;
  • Atualização de cadastro;
  • Dúvidas sobre o PIS;
  • Parcelas disponíveis;
  • Orientações;
  • Entre outros!

Telefone PIS

Na verdade, não existe um telefone PIS que seja específico para tratar sobre o assunto. O indicado é entrar em contato com os atendentes da Caixa, por meio do SAC Caixa PIS e realizar serviços como:

  • Consulta de saldo;
  • Verificação de data de recebimento;
  • Conferir informações sobre o cadastro PIS;
  • Atendimento com funcionários para: orientações de saque, confirmação de conta, soluções sobre o Cartão Cidadão.

Caso não resolva as questões que deseja diretamente pelo telefone, o trabalhador tem a opção de comparecer até uma agência fixa da Caixa e procurar um gerente para solucionar qualquer situação.

As consultas podem ser realizadas diretamente no caixa eletrônico, com um cartão que dê acesso a conta do salário. Para falar com um representante da agência por atendimento eletrônico e ligação, disque:

  • SAC Caixa PIS: 0800 726 0207.

Aplicativo Caixa Trabalhador

Outra forma de acesso a conta que foi disponibilizada aos beneficiados, é o aplicativo Caixa Trabalhador.  Um portal que funciona exclusivamente para soluções voltadas aos programas governamentais.

O aplicativo está disponível para aparelhos com sistema Android ou IOS, e deve ser baixado nas lojas Google Play ou App Store. Sendo totalmente gratuito. Para o login é preciso informar o número do PIS e senha da internet.

As funções do App são:

  • Informações sobre o funcionamento do PIS;
  • Consulta de saldo;
  • Consulta do calendário de pagamento;
  • Verificação das parcelas liberadas;
  • Aba para orientações e respostas sobre as principais dúvidas sobre o PIS.

Além do abono salarial, o aplicativo também permite que o trabalhador faça consultas sobre o seguro desemprego.

Consultar PIS via internet

O telefone PIS pode ser utilizado, quando o propósito for conversar com um atendente, apenas em horário comercial. O sistema eletrônico funciona 24 horas, todos os dias.

O mesmo acontece com a consulta PIS via internet, que pode ser feita a qualquer hora. Basta que o trabalhador tenha em mãos o número do PIS ou NIS, e a senha.

No primeiro acesso o portal permite que a senha seja cadastrada. Aprenda como realizar a consulta:

  • Acesse a página da Caixa programas federais, e na opção ‘Benefícios e programas’ escolha ‘PIS’;
  • Clique na opção ‘Consultar pagamento’;
  • Insira as informações solicitadas e selecione ‘Ok’. No primeiro acesso preencha o número do PIS e depois escolha a opção ‘Cadastrar senha’.

Cartão de SUS: Como tirar a carteirinha? Cadastro

Através do cartão de SUS estes cidadãos têm direito em estacionar em vagas sinalizadas. Para garantir o uso da mesma é necessário tirar o documento. Não tem o seu cartão de SUS? Acompanhe a seguir e veja como tirar o seu!

Cartão de SUS

O cartão do SUS foi desenvolvido com o propósito de auxiliar os usuários mais velhos no estacionamento. Com este tipo de autorização é possível estacionar o seu carro em locais permitidos.

Ao retirar o documento o cidadão pode inerir o seu carro em espaços com a legenda “SUS”. Este documento é válido para os usuários que estão dirigindo ou então estão transportando.

Com sua via é fácil conduzir por vias e logradores e garantir sua vaga em locais públicos. O objetivo do cartão é trazer facilidade e servir para as vagas que são especializadas.

Através do cartão o cidadão pode dirigir o seu carro em shoppings, supermercados e bancos. Nas áreas que são denominadas Zona Azul, não garante a isenção de pagamento.

Condições para Cartão de SUS

O cartão de SUS é liberado para os seguintes usuários:

  • SUSs com idade ou superior a 60 anos;
  • Usuários que sejam condutoras ou passageiras de veículos automotores;
  • Pessoas residentes no município de São Paulo.

Como usar Cartão de SUS

Para utilizar o documento é preciso seguir algumas exigências. Estas regras facilitam e evitam qualquer problema. Para uso o cartão de SUS veja as indicações:

  • Apenas o original deve ser utilizado, não sendo permitida a utilização de cópias;
  • Na Cidade de São Paulo, o Cartão não isenta o usuário do pagamento nas vagas sinalizadas em áreas de Zona Azul;
  • O Cartão pode ser plastificado para que seja conservado por mais tempo.
  • O Cartão também deve ser utilizado nas vagas sinalizadas em locais privados como shoppings, supermercados, bancos;
  • O cartão tem validade em todo o território nacional e poderá ser utilizado nas vagas sinalizadas com a inscrição “SUS”;
  • O cartão terá validade de até cinco anos;
  • O titular poderá utilizar o Cartão em qualquer veículo, não importando quem é o proprietário ou quem está dirigindo;
  • Por questão de segurança, o nome do titular fica na parte de trás do cartão.

Pedido do Cartão de SUS

Para ter o seu documento é necessário seguir até os locais especializados. Deste modo é preciso seguir até o DETRAN ou nas prefeituras do município do solicitante.

Todas as informações precisam estar integradas ao Sistema Nacional de Trânsito (SNT). Para o pedido do cartão SUS:

  • Centro de Referência da Assistência Social, CRAS.
  • Posto de atendimento do transporte público da sua cidade;
  • Prefeitura Municipal;
  • Siga até o Ciretran ou Seção de Trânsito do município de domicílio.

No local o usuário precisa estar com alguns documentos, como:

  • Carteira Nacional de Habilitação (CNH) – original e cópia simples;
  • Comprovante de endereço em nome do SUS- original e cópia simples;
  • Formulário de requerimento do Cartão do SUS – original.

Nota: se perder ou ocorrer furto do cartão é preciso fazer cópia do Boletim de Ocorrência.

Agendar e cadastrar o Cartão de SUS

Este processo acontece no Sistema Unificado de Autorizações Especiais – SUAE. Em alguns passos é possível efetuar o pedido. A seguir acompanhe como imprimir seu cartão do SUS:

  • O usuário deve entrar no Sistema Unificado de Autorizações Especiais (SUAE);
  • Faça o cadastro e entre em “SUS”;
  • Clique no item “Requerimento de Estacionamento de SUS” e informar se o requerente tem alguma incapacidade para assinar o formulário;
  • O formulário de solicitação do cartão com os dados do requerente é gerado de forma online e automática
  • Selecione a opção “Agendar”, na parte inferior direita do formulário online;
  • O SUS deve escolher a data e o horário do atendimento presencial na sede do DSV ou nos outros quatro postos descentralizados para realização do serviço (veja os locais abaixo);
  • Após o agendamento é necessário imprimir o formulário e assiná-lo.

Nota: o usuário pode entrar aqui e consultar os municípios integrados ao SNT. No local não deixe de levar o formulário impresso e as cópias de RG, CPF e comprovante de residência.

Contato Cartão de SUS

Para ter suas dúvidas esclarecidas sobre o cartão de SUS, utilize os canais a seguir:

  • Telefone: (11) 3030-2422;

Cartão do Bolsa Família: Como Fazer? Cadastrar Senha

Por meio do cartão do Bolsa Família, as famílias beneficiárias conseguem acesso ao seu benefício, fazendo saques, realizando consultas de saldo e muito mais. Saiba mais detalhes sobre o cartão do Bolsa Família a seguir e veja como usá-lo!

Cartão do Bolsa Família

Para receber o cartão do Bolsa Família, é necessário que a família seja cadastrada e contemplada no programa Bolsa Família.

Mas, o que é o Bolsa Família? É um programa criado pelo Governo Federal, para ajudar famílias que vivem em extrema pobreza.

Mensalmente, é depositado um valor na conta do beneficiário, para que ele utilize o valor para despesas com a sua família. Despesas como: alimentação, moradia e vestimenta.

  • Ter renda mensal de até R$89,00 por pessoa;
  • Ter renda mensal entre R$89,01 e R$177,00 por pessoa;
  • Se possuir crianças e adolescentes de até 15 anos, eles devem frequentar a escola regularmente;
  • Ter as carteiras de vacinação todas em dia;
  • Se possuir gestantes precisam realizar pré-natal;
  • Se possuir lactantes, elas precisam de acompanhamento médico;
  • Se possuir crianças de até 7 anos, elas precisam de acompanhamento médico;
  • E é necessário fazer o recadastramento sempre que solicitado.

Porém, novidades estão por vir. De acordo com o Ministro da Cidadania, Osmar Terra, as faixas salariais de enquadramento serão alteradas para R$100,00 e R$ 200,00 por pessoa.

Hoje o Bolsa Família 2022 já atende a 13,5 milhões de famílias e gasta anualmente R$ 30 bilhões. Mas, como fazer cartão do Bolsa Família? Veja a seguir:

Como solicitar o cartão do Bolsa Família?

Agora que você já conheceu o programa e analisou que sua família pode solicitar o benefício, chegou a hora de saber como fazer o cartão Bolsa Família.

Para conseguir o benefício para a sua família, um responsável da família, terá que ir até a Prefeitura da cidade, ou a qualquer outro posto de atendimento do Bolsa Família, com toda a documentação pessoal, e de todos os membros da família, e fazer a solicitação do benefício.

Com a solicitação feita, é só aguardar a aprovação. Sendo aprovado, o cartão do Bolsa Família, será enviado no endereço informado na hora do cadastro Bolsa Família, em cerca de 30 a 40 dias.

Benefícios do Bolsa Família

Ter em mãos o cartão do programa Bolsa Família 2022 é muito importante, pois com ele você tem acesso a mais serviços.

Com ele você poderá:

  • Consultar o saldo do seu benefício;
  • Realizar saques de forma rápida e segura;
  • E ainda solicitar outros benefícios do

Mas, para isso você vai precisar cadastrar uma senha. Veja como fazer isso.

Como cadastrar a senha do cartão do Bolsa Família?

Assim que o seu cartão do Bolsa Família chegar, você vai precisar cadastrar uma senha para segurança.

E para isso, siga os passos a seguir:

  • Primeiro, faça uma ligação para o atendimento Caixa Cidadão, no número 0800 726 0207;
  • Informe que você precisa falar no setor do Bolsa Família;
  • Informe todos os seus dados solicitados;
  • Assim que solicitado, digite a senha que você deseja.

Importante: Anote essa senha para não perder o acesso ao seu benefício.

Depois dessa ligação, vá até uma agência da Caixa Econômica, com todos os documentos pessoais, juntamente com o cartão do programa, e finalizar o processo.

Para maiores informações sobre o cartão do Bolsa Família, acesse o site da Caixa Econômica ou ligue 0800 707 2003.

SIBEC consulta Bolsa Família: saiba como verificar o benefício

Com o intuito de simplificar a organização e consulta aos dados de benefícios sociais concedidos a cidadãos de todo o país, o Governo Federal, por meio da Caixa Econômica, criou o SIBEC, o Sistema de Benefícios do Cidadão.

Trata-se de uma ferramenta que simplifica a vida dos beneficiários e equipes gestoras dos programas sociais, tornando o processo mais transparente. Afinal, reúne informações sobre todos os procedimentos, famílias aprovadas e valores pagos.

O SIBEC 2022 é alimentado com a ajuda do Cadastro Único e pode ser acessado para fins de consulta por qualquer beneficiário, de qualquer programa, que possua o Cartão Cidadão. Além disso, ele funciona como uma base de dados que também auxilia o Ministério do Desenvolvimento Social a gerir todas as informações sociais.

Como funciona o Sibec?

O SIBEC é um sistema online disponibilizado no site da Caixa Econômica Federal onde é possível realizar consultas públicas dos benefícios e beneficiários sociais. Também a obtenção de informações específicas para cada beneficiário e a verificação, por parte dos municípios, de dados importantes para a gestão do Programa.

Ele é fruto da definição da lei nº 10.836, que criou o Bolsa Família. Essa lei prevê que a lista dos beneficiários do programa, bem como os pagamentos realizados devem ser de acesso público.

Desta forma, no que diz respeito à consulta pública, o Governo Federal realiza a divulgação online tanto pelo site da Caixa quanto pelo Portal da Transparência.

No site da Caixa, na consulta disponível ao cidadão, ou seja, mais limitada, três modalidades podem ser escolhidas. Primeiramente, é possível obter os dados de beneficiários alocados por unidade federativa, ou seja, por estado.

A segunda opção permite acesso a dados com menor abrangência, de acordo com o município. Já a terceira opção garante a consulta direta às famílias beneficiadas.

No entanto, por se tratar de uma tecnologia um pouco mais antiga, o sistema só funciona no navegador Internet Explorer. Caso o acesso seja realizado em outro navegador, não será possível selecionar as opções e obter informações.

O site para que você possa acessar o site de forma pública é o www.beneficiossociais.caixa.gov.br.

SIBEC ⇨ Consulta Pública do Bolsa Família no Site da Caixa

Consulta Pública de Benefício por UF

  • Acessar o SIBEC para Consulta Pública do Bolsa Família;
  • Selecionar o estado ou o Distrito Federal;
  • Selecionar o mês desejado e clicar em consultar.

Consulta Pública de Benefício por Município

  • Acessar o SIBEC para Consulta Pública do Bolsa Família;
  • Selecionar o estado ou o Distrito Federal;
  • Selecionar o município;
  • Escolher o mês desejado e clicar em consultar.

Esta opção permite fazer o download de uma lista com todos os nomes dos responsáveis e demais membros da família. A lista também inclui informação sobre a liberação do benefício.

Consulta Pública de Benefício por Família

  • Acessar o SIBEC para Consulta Pública do Bolsa Família;
  • Inserir o NIS;
  • Conferir o nome do responsável familiar, que aparece automaticamente e clicar em consultar.

Dados do Bolsa Família no Portal da Transparência

O Portal da Transparência apresenta informações mais completas sobre a distribuição de recursos do Bolsa Família 2022 e outros programas sociais pelo Brasil. Trata-se de uma espécie de prestação de contas com dados sobre despesas gerais alcançadas com as políticas públicas.

No site, é possível acessar informações por estados e municípios e conhecer, por exemplo, o total gasto no país com Bolsa Família, mais de R$ 22 bilhões somente em 2018.

O Portal também divulga informações sobre quantidade de beneficiários por estado. Maranhão e Piauí, por exemplo, possuem o maior número de beneficiados, representando mais de 15% da população dos estados mencionados.

Importância do SIBEC

Além de permitir que as informações sejam acessadas por beneficiários de programas sociais, o SIBEC garante o controle dos dados pelas Instâncias de Controle Social vinculadas ao Bolsa Família, o principal benefício concedido em todo o país.

O sistema garante que as ICS acompanhem novas famílias que tiveram acesso Programa. Isso se dá por meio da consulta às informações cadastrais dos responsáveis legais pela família e dependentes. Também permite identificar quais famílias foram aprovadas mas ainda não possuem cartão para saque. Analisar se as famílias atendem aos critérios do Programa e se estão recebendo o auxílio financeiro adequadamente. Além de acompanhar as atividades de gestão nos municípios relacionadas a bloqueios, cancelamentos e correções.

Ainda, toda a base estatística dos programas sociais conta com o SIBEC. Com ele, é possível gerar relatórios periódicos e acessar folhas de pagamento mensais. Ou seja, gera informações relevantes para a manutenção dos programas nas regiões e municípios.

Funções do SIBEC para Municípios Gestores

Os procedimentos indicados acima para consultas por UF, município ou família são ideais para o público em geral. Já as equipes gestoras contam com mais funcionalidades dentro do SIBEC. Afinal, é através dele que todos os procedimentos de atendimento ao público é realizado.

Desta forma os municípios gestores conveniados conseguem verificar dados das famílias no Cadastro Único. Bloquear e desbloquear benefícios, revisar cancelamentos, atuar na manutenção do benefício. Ainda, verificar valor do Programa de acordo com a família beneficiada e consultar relatórios e arquivos.

Para garantir que os procedimentos sejam alinhados em todo o país, é comum que o Ministério do Desenvolvimento Social compartilhe manuais para cadastro de conveniados e unificação dos procedimentos relacionados aos beneficiários. Por isso, desenvolve capacitações presenciais nos diferentes municípios com o intuito de evitar qualquer erro na gestão do Sistema de Benefícios do Cidadão.

CONSULTA SIBEC COM LOGIN DO BENEFICIÁRIO

Além de realizar consulta pública, o SIBEC permite que o beneficiário realize login para obter informações mais precisas sobre sua situação cadastral. Essas são informações pessoais, que não podem ser acessadas pelo público geral, somente pelo cidadão contemplado pelos programas sociais.

O procedimento pode ser realizado clicando aqui e utilizando o NIS e senha cadastrada no primeiro acesso.

O sistema permite consultar saldo do Bolsa Família, visualizar extrato de benefícios sociais e obter informações relacionadas a benefícios empregatícios como pagamentos do PIS e consulta ao FGTS. Os pagamentos realizados pelo Programa Bolsa Família também podem ser verificados no site.

Além disso, permite, também, o acesso restrito do conveniado da gestão municipal do programa para fazer a manutenção dos benefícios. Portanto é um sistema muito importante a todos os envolvidos nos procedimentos do programa.

Portanto, o SIBEC – Sistema de Benefícios do Cidadão garante uma gestão eficiente dos benefícios sociais, com acesso à informação tanto para os cidadãos beneficiários quanto para a população em geral, acerca das políticas públicas e programas sociais desenvolvidos no Brasil. Desta forma, serve, inclusive, como base de dados especializadas para estudos e análises especializadas.

Melhores instituições para estudar Mecânica no Brasil

O curso de Mecânica está entre uma das formações técnicas mais promissoras para os próximos anos e muitas instituições tem ofertado o curso, mas qual delas escolher? Veja a seguir as melhores instituições para estudar Mecânica no Brasil:

SENAI

Cada vez mais estudantes têm optado pelo ensino técnico e por isso, o Governo brasileiro tem investido bastante nesse nível de ensino. O ensino técnico tem um período de finalização diferenciado, que pode ser equivalente a até dois anos ou pouco mais.

As melhores escolas técnicas do país pertencem ao Sistema S de ensino e a instituição responsável por oferecer um dos melhores cursos de Mecânica disponíveis atualmente.

O SENAI 2021 estará ofertando os cursos técnicos mais promissores para o mercado de trabalho e vale lembrar que os certificados de conclusão das qualificações são reconhecidos pelo MEC.

Como ingressar?

Existem algumas opções disponíveis para você que desejar estudar no SENAI 2022. Além da opção de matrícula regular por semestre, o SENAI também pode ser acessado através de oportunidades de bolsa gratuita.

A opção mais popular é a distribuição de bolsas através do programa Novos Caminhos, antigo Pronatec SENAC, que estárá ofertando bolsas nos cursos mais promissores para o mercado de trabalho.

As instituições de ensino do Sistema S também oferecem bolsas periodicamente e por isso, vale a pena estar atento a oferta de cursos.

É válido verificar todos os requisitos das opções mencionados e decidir qual a maneira mais viável para você começar o seu curso de Mecânica.

Instituto Federal

Os Institutos Federais são escolas técnicas do setor público, distribuídas pelos estados do país de acordo com a demanda do ensino técnico.

Cada estado terá uma sigla como: IFPE (Instituto Federal de Pernambuco); IFPB (Instuto Federal da Paraíba) e IFSP (Instituto Federal de São Paulo).

Essas instituições oferecem ensino técnico em algumas modalidades e são conhecidas pela excelência em infraestrutura e ensino.

Como ingressar?

Como os IFs oferecem modalidades diferentes do ensino técnico, é possível ingressar em uma dessas instituições públicas de algumas formas.

O estudante pode, por exemplo, acessar às vagas da instituição através do Sistema de Seleção Unificada (SISU), que utiliza a pontuação do Enem para validar as notas de corte dos cursos disponíveis. Também é possível conquistar uma bolsa das IFs participando do processo de seleção simplificada, que possui provas objetivas próprias.

O Vestibular da IF é uma outra forma de ingressar em uma dessas instituições e é necessário estar atento às datas de realização da prova.

Dicas para ter mais conforto na sua viagem de avião

Não é novidade que o avião é um dos meios de transporte mais rápidos e facilita muito a vida de quem precisa se locomover de um ponto a outro. Mas facilidade e conforto nem sempre estão associados e por isso, se você vai fazer uma viagem longa de avião.

Vestimenta

A primeira dica está relacionada a sua vestimenta. Já pensou em ter que passar horas sentado vestindo uma roupa apertada, desconfortável ou que causa incomodo na sua pele? Isso pode ser evitado se você optar pela escolha certa de peças.

Opte por roupas de algodão, ou roupas leves. Aquelas peças que são muito complicadas de vestir como macacões, não são recomendadas, uma vez que você sentirá dificuldade na hora de utilizar o banheiro.

As roupas apertadas também devem ser evitadas, para evitar o atrito com a pele durante as horas de voo. Prefira as roupas folgadas,  leves e fresquinhas. E não se esqueça de levar um casaco.

Acessórios

Agora vamos falar de alguns acessórios que também pode ajudar a garantir o conforto durante as horas do voo. Se você está viajando de classe executiva ou de primeira classe, provavelmente você vai ter acesso a algumas regalias e talvez não precisa de todos os itens que vamos mencionar.

O primeiro deles é a almofada de pescoço. Como você estará sentado o tempo inteiro e provavelmente vai querer apoiar a cabeça em algum momento, a almofada de pescoço é ideal. Na verdade, qualquer almofada que seja composta do mesmo material pode cumprir bem a função.

Em voos longos, a própria empresa aérea oferece lençóis para o passageiros, mas para garantir, não dispense o bom e velho casaco ou jaqueta na sua bolsa de mão.

Fones de ouvido também podem ajudar a relaxar no voo. Os headphones, que são aqueles modelos que possuem almofadinhas nas extremidades, são os mais recomendados.

Lanches

Um outro ponto para que a sua viagem seja o mais agradável possível é o lanche. Algumas companhias aéreas oferecem snaks gratuitos para os passageiros e outras, disponibilizam um menu para que os lanches sejam comprados.

O ideal é estar sempre preparado com um snack na bolsa, assim você não fica desconfortável enquanto aguarda as aeromoças serviram os possíveis lanchinhos.

Mas não se esqueça que é melhor optar por alimentos leves como frutas ressecadas, bolachas, biscoitos sem recheio, castanhas, bala de goma, amendoins ou barras de cereal.

Dicas importantes para transformar seu hobbie em seu trabalho

Com a crise econômico e o alto índice de desemprego no país, é difícil podermos escolher no que queremos trabalhar. Essa é a realidade de muitos brasileiros e o que leva milhões de pessoas a estarem insatisfeitas com suas próprias vidas. Mas e se você transformasse o seu hobby na sua profissão?

Justamente por conta de cenário de desemprego, muitas pessoas estão transformando uma afinidade ou um talento em uma forma de ganhar um bom dinheirinho. E como isso é possível?

Se você quer saber como pode começar a atuar no trabalho dos seus sonhos, transformando um hobby seu em uma profissão, você precisa conferir as dicas a seguir:

Pense como empreendedor

O primeiro passo para ingressar nessa ideia é pensar bastante e pensar como empreendedor! Será que é possível estar comercializando o seu produto ou o seu serviço no local que você vive? É importante também pensar em abrir mão do hobby, pois uma vez que ele passa a ser trabalho, pode se tornar um pouco menos agradável de praticar.

Aperfeiçoe seu hobby

Tendo pensado bastante e considerado as questões mencionados, é hora de aperfeiçoar o que voê tem para oferecer, ou seja, esteja pronto para muita prática e muita produção. Esse período que antecede a comercialização do seu hobby, é fundamental para que você possa identificar os pontos fortes e os pontos fracos do seu hobby como profissão. É como se fosse um laboratório para a sua área.

Se puder, se profissionalize

Nós sabemos bem que ter um curso ou uma formação não é sinônimo de sucesso, mas que tal profissionalizar e valorizar o que você já sabe? Se pude, invista em um curso, workshop ou tutorial para a sua área. Uma boa dica para quem vai buscar se profissionalizar são os cursos online, que possuem um custo mais em conta, além de evitar gastos extras como locomoção, por exemplo.

Separe capital para a compra de materiais

Seja na produção de qualquer tipo de de produto ou mesma na prestação de serviço, é preciso separar algum capital para os gastos com material. Tenha em mente que esses serão gastos recorrentes, mas que no começo é essencial ter uma dinheiro em caixa, uma vez que você estará ainda se apresentando ao comércio e pode não ter o lucro esperado.

Utilize as redes sociais para divulgação

A rede social é a forma mais barata e mais rápida de fazer propaganda do seu trabalho e por isso, é essencial ter um perfil comercial nas redes sociais e não deixar de estar as atualizando.